Rafeiros do Alentejo

O Rafeiro do Alentejo é também conhecido como o mastim português. É um cão grande com uma cabeça imensa e uma boca poderosa. O Rafeiro é, portanto, um cão bastante intimidante para observar. Juntar esta aparência com a sua natureza defensiva e corajosa. Não é, portanto, surpreendente que esta raça tenha sido utilizada ao longo dos anos como protectora do gado, inclusive contra o lobo. Hoje em dia, é utilizado principalmente como cão de guarda.

Devido ao seu tamanho e coragem, foi utilizado principalmente por pastores. Os rebanhos foram expostos a numerosos perigos durante as longas viagens. E assim, nas viagens às montanhas no Verão e de volta às planícies no Inverno, os rebanhos eram acompanhados por estes grandes cães. Como resultado, a raça propagou-se de uma região para outra.
Isto explica a chegada deste poderoso cão às planícies alentejanas. Desde os finais do século XIX que se chama o Rafeiro do Alentejo.

O Rafeiro do Alentejo é estóico por natureza e trabalha fortemente. Ficará no campo durante horas sem questionar a tarefa em mãos. No entanto, podem ser teimosos e independentes, pelo que ele não facilitará as coisas ao seu treinador. O Rafeiro ganhou reputação como um “gigante gentil”. É, portanto, conhecido por ser gentil com as crianças e, apesar do seu tamanho e com a formação adequada, pode ser um animal de estimação muito bom para a família.

Rafeiro-Alentejo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *